Edson Carvalho apresenta: Volta ao mundo com SenhorJohnson #5 — Lay down the Boogie!

Brazilian Dance Music (Funk, Boogie, Electro) from the 80’s on.

Tracklist

01 – Black Machine!: Vai brilhar (7″, Bunker Records, 2016)
02 – Los Sea Dux: Funky UFO (7″, Fishy Records, 1996)
03 – Fábrica Fagus: Rítmo só (E o circo pega fogo, independent release, 1989)
04 – Professor Antena: Professor Antena (12″ promo, RCA, 1994)
05 – Silva Soul: Não dê bobeira (Vinil é Arte remixes, independent release, 2014)
06 – Dedé e os Ajudantes: Deus da imperfeição (Filme comum, RCA, 1990)
07 – Jorge Dourado: Cadê meu dinheiro (Same title, RGE, 1992)
08 – Fábio Fonseca: Funk nuts (12″ promo, Philips, 1992)
09 – Grupo Alcano: Soul, berg, legal (Paraíso perdido, Copacabana, 1981)
10 – Grupo Controle Digital: A festa é nossa (A festa é nossa, Phoenix Spink, 1988)
11 – Fernanda Abreu: Luxo pesado (Sla Radical Dance Disco Club, EMI, 1990)
12 – Sandra Sá: Guarde minha voz (Grandes momentos, RGE, 1986)
13 – Angela Roro: Sucesso sexual (A vida é mesmo assim, Polydor, 1984)
14 – Lino Krizz & Graça Cunha: Esta noite estou na paz (Super Funky Chart, Beat Records, 2019)
15 – Mano Brown: Boa noite, São Paulo (Boogie naipe, EAEO, 2018)
16 – Marcos Valle: Minha romã (Sempre, Far Out, 2019)
17 – Lafayette: Sol de verão (Edição especial, Copacabana, 1982)
18 – Sharon: Get out (7″, Som, 1980)
19 – Mariana: A música não pode parar (De ponta à ponta, 3M, 1987)
20 – Nanda Rossi: Dança [remix] (12″ promo, Philips, 1992)
21 – Abdula: Depende de nós (Depende de nós, Continental, 1995)
22 – Claudia Novais: Só minha (Same title, Esfinge, 1989)
23 – Solange: Sou só (Same title, EMI, 1988)
24 – Andrea Dutra: Cultura (Same title, Niterói Discos, 1992)
25 – Axell: Olhos animais (Same title, Nicky, 1990)
26 – Annie Perec: Emergência (Foto, Eldorado, 1989)
27 – Braz: Pressa (Same title, RCA Victor, 1989)
28 – Laura Finocchiaro: Tudo é amor (Same title, RCA, 1992)
29 – Eduardo Assad e As Menestréis: Break de amor (Copacabana, 1984)
30 – Vania: Dolce vita (7″, CBS, 1983)
31 – Sylvia Patricia: A gente até de manhã (7″, RCA, 1982)

instagram.com/senhorjohnson